6 Ferramentas para controle de motoristas

As ferramentas para controle de motoristas ajudam a melhorar a sua gestão de frotas. Conheça as principais!
Entenda quais ferramentas para controle de motoristas você precisa na sua frota.

Dentre as ferramentas para controle de motoristas, podemos considerar tanto aquelas que dizem respeito à visualização de seu comportamento em estrada, quanto do pagamento realizado a eles no final de cada mês.

Como acontece com a gestão de qualquer tipo de equipe, é preciso conhecer maneiras de facilitar e agilizar a sua rotina.

Por isso, trouxemos os principais meios de fazer a gestão dos motoristas na sua frota. Confira, a seguir:

Sensor de fadiga

O sensor de fadiga é uma das ferramentas para controle de motoristas, pois, é comum que os motoristas fiquem cansados e fatigados, ainda que seja algo que queremos evitar o máximo possível. Quando chegam a esse ponto, o cansaço é tanto que podem pegar no sono e causar acidentes.

Essa tecnologia surgiu com a intenção de monitorar os sinais de cansaço e má condução, emitindo alertas para o motorista e, também, para uma central de controle.

Dessa forma, as medidas adequadas de segurança podem ser tomadas. Seja o motorista realizar uma parada por conta própria ou o gestor entrar em contato com ele solicitando que descanse e retorne às atividades após um determinado período.

Monitoramento de frotas

O monitoramento de frotas pode acontecer por algumas diferentes ferramentas para controle de motoristas, como:

Rastreador veicular

O rastreamento é a mais simples das tecnologias de monitoramento. Ele funciona por meio de uma tag instalada no veículo que faz a leitura de localização do mesmo. 

Assim, é possível identificar com rapidez qualquer desvio na rota, sendo vantajoso para identificar casos de roubos e extravios de mercadorias. No entanto, como ferramenta para controle de motoristas, acaba não sendo a melhor alternativa, pois não consegue agregar informações sobre o estilo de condução.

Telemetria

A telemetria é uma alternativa mais interessante que o rastreador para fazer a gestão de motoristas. 

Com esse tipo de tecnologia, informações completas sobre a velocidade média da viagem, a quilometragem percorrida e o tempo de ociosidade do veículo são registrados e armazenados em um sistema central. 

Além disso, o acompanhamento dos veículos em tempo real também acontece.

Vídeo telemetria

No mesmo sentido, a video telemetria começou a surgir no Brasil e acredita-se que irá se popularizar. Ela tem os mesmos benefícios e funcionalidades da telemetria, mas com o adicional de possuir câmeras a bordo do veículo.

Essas que buscam sinais de fadiga e cansaço do motorista, emitindo alertas sonoros quando identificam olhos fechados, por exemplo.

Política de frotas

A política de frotas é um documento essencial em toda operação de transporte. Nela, fica registrado e descrito tudo o que um colaborador da frota deve esperar ao trabalhar na empresa, assim como qual o papel que tem e como deve se portar para cumprir com as regras da empresa.

Adicionalmente, pode ser utilizada como uma das ferramentas para controle de motoristas ao passo em que lista todas as atividades pelas quais ele é responsável e o que pode gerar punições, perda de pontos de bonificação e, até mesmo, demissões e/ou quebras de contrato de prestação de serviço.

Checklist eletrônico

Por mais que o checklist eletrônico seja uma ferramenta para a gestão de manutenções da frota, também pode contribuir para o controle de motoristas. Afinal, o sistema exige que seja inserida uma assinatura eletrônica ao final de cada inspeção.

Dessa forma, o motorista se responsabiliza pelos problemas causados em um veículo após realizar uma rota.

Ele também traz uma funcionalidade que pode ser até considerada uma ferramenta por si só: o histórico de manutenções da frota.

Histórico de manutenção

Ao registrar quais foram os serviços realizados, preventivos ou corretivos, você está gerando dados para que diferentes análises aconteçam. Dentre elas, os problemas mais frequentes e seus responsáveis.

A partir de uma observação como essas, as medidas tomadas são mais eficientes. Tanto para promover um novo treinamento de motoristas ou criar um novo sistema de pontuação e bonificação para os condutores.

O histórico de manutenção ainda pode trazer diversas outras visualizações importantes para tomar as melhores decisões no dia a dia da frota.

Planilha de controle de motoristas

A planilha de controle de motoristas é o que vai reunir todas as informações sobre cada um desses profissionais da frota. 

Além de cadastrar cada condutor, também pode controlar as viagens que cada um realiza, se estão cumprindo os checklists de rotina e até mesmo criar um ranking para saber quem está conseguindo cumprir com as metas estabelecidas.

Esse tipo de ferramenta para controle de motoristas, ainda tem a vantagem de ser personalizável, permitindo que você faça alterações no tipo de ação que deseja controlar e quais são as pontuações de maior ou menor valor na sua operação.

Para facilitar a sua gestão, nós desenvolvemos uma planilha e a disponibilizamos gratuitamente. Basta fazer o download e gerar uma cópia para começar a editar e ter um melhor controle de motoristas.

Autor

Luiz Felipe

Co-fundador e CTO da Prolog, desde 2016 se dedica à Prolog, onde além da tecnologia, já colocou um pé no marketing e nas vendas, constantemente buscando novos conhecimentos para trazer excelência à Prolog e seu time.

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e receba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

Conheça a tecnologia que está transformando a gestão de frotas de mais de 900 operações no Brasil e no mundo.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.

O conteúdo que você já gosta e acompanha sobre o universo da gestão de frotas também está em vídeos publicados semanalmente e lives exclusivas com convidados.